Fundação de Ciência e Tecnologia
Bem-Vindo!
29 de Março de 2020, 05:33
Siga-nosCientec RSSCientec no Twitter
Página Inicial  >  Notícias  >  Termelétrica Charqueadas faz 5
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social
Brasão Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Imprimir   Fechar
Notícias

Termelétrica Charqueadas faz 50 anos e projeta renovar licença

por Jefferson Klein

    Às vésperas de atingir 50 anos de operação, no dia 5 de janeiro, a termelétrica Charqueadas verifica uma situação pouco comum entre as mais antigas usinas a carvão no País. O gerente do complexo, Renato Schmidt Barbosa, projeta que, devido aos últimos investimentos em modernização e, consequentemente, redução dos impactos ambientais, não deverá haver dificuldades para a renovação da licença ambiental de operação.

    A validade do licenciamento atual se encerra em 2013 e o dirigente não espera problemas quanto à continuidade das atividades, pois a usina está atendendo aos padrões exigidos. A térmica emite, por exemplo, menos de 200 mg/Nm3 de dióxido de enxofre e o limite estipulado para ela é de 400 mg/Nm3. Na década de 2000, lembra Barbosa, foram realizados investimentos em turbinas e em equipamentos para amenizar os impactos ambientais. Nessas ações, a Tractebel (responsável pela estrutura) empregou em torno de R$ 62 milhões. Foram instalados filtros e, para a redução dos óxidos de enxofre, foi construído um dessulfurizador de gases, também conhecido como lavador de gases.

    Barbosa informa que as medidas permitiram o cumprimento do Termo de Ajuste de Conduta (TAC), firmado na década de 1990, que determinava a diminuição dos níveis de emissão atmosférica. "Ela é considerada hoje a térmica a carvão mais limpa do Brasil, com a menor emissão de todas", afirma o gerente. Com isso, ele acredita em uma vida longa para a usina, apesar de suas cinco décadas. Segundo Barbosa, as melhorias implementadas permitem que o complexo opere durante os próximos 20 anos, sem a necessidade de uma nova modernização.

    Ele argumenta que a usina gaúcha comprova que é possível gerar energia com carvão, sem maiores danos ambientais. "Acredito que há espaço para a ampliação do uso do carvão e de outros combustíveis fósseis, desde que associado com energias renováveis como a eólica e a biomassa (queima de matéria orgânica)", aponta o dirigente.

    A termelétrica Charqueadas tem uma capacidade instalada de 72 MW (cerca de 2% da demanda média de energia do Rio Grande do Sul). Registra, geralmente, uma produção de 30 MW médios mensais, consumindo aproximadamente 30 mil toneladas de carvão ao mês. Eventualmente, durante o verão, com o consumo de eletricidade elevado, ou em momentos de exportação de energia para o Uruguai ou Argentina, a geração da usina aumenta. Hoje, em torno de 250 pessoas trabalham na estrutura.


Fonte: Jornal do Comércio - Economia - pág. 15 - 28/12/2011


Publicação 28.12.2011 às 09:37
Fundação de Ciência e Tecnologia
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
E-Mail: cientec@cientec.rs.gov.br - SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Orçamento
Incubadora Sede
Incubadora Sede

Incubadora

O Departamento de Incubadoras e Extensão Tecnológica foi criado em resposta as políticas nacionais de estímulo à inovação com intuito de promover a aproximação e integração da CIENTEC, principal instituição pública de P&D do estado, com o setor produtivo local. A ele está vinculada a incubadora mult...
Acessar o hotsite
Expediente
Rua Washington Luiz, 675
Porto Alegre - RS. CEP: 90010-460
Horário de Atendimento
Sede: das 8:30 às 12:00 e das 13:30 às 17:00
Campus: das 9:00 às 12:00 e das 13:00 às 16:00
de segunda à sexta.
Contatos
E-mail: cientec@cientec.rs.gov.br
Fone:
SEDE: +55 (51) 3287-2000 Fax: +55 (51) 3226-0207
CAMPUS: +55 (51) 3439-6300
Desenvolvido pela PROCERGS